Seguro Desemprego 2019

O seguro desemprego 2019 é um direito social do trabalhador e que ajuda muito quando o trabalhador fica desempregado. É um meio para o cidadão se sustentar enquanto encontra outro trabalho, contudo nos últimos anos o seguro desemprego sofreu algumas mudanças importantes. Confira abaixo as principais mudanças do seguro desemprego 2019, e como você pode solicitar o benefício.

Por causa dessas mudanças é importante o empregado ficar atento a essas novas mudanças de regras para não perder o benefício caso fique sem trabalho. Neste artigo vamos passar todas as informações necessárias para que consiga o seguro desemprego caso necessite.

Seguro Desemprego 2019
Seguro Desemprego 2019

O que é Seguro Desemprego?

O Seguro desemprego 2019 é um benefício trabalhista de assistência temporária para trabalhadores que tenham perdido o emprego, sem justa causa. Esse benefício é garantido pelo artigo 7º da constituição Federal de 1988, que estabelece o benefício “em caso de desemprego involuntário”.


Seguro Desemprego 2019

O seguro desemprego é uma ajuda para o trabalhador que fica desempregado e não tem como se sustentar a não ser com o seguro. É um direito social, uma assistência temporária até o trabalhador conseguir outro emprego.

Seguro Desemprego Caixa

Quem coordena o dinheiro para o pagamento do seguro desemprego ao trabalhador desempregado é o governo federal, através do dinheiro do Fundo de Amparo ao Trabalhador, mais conhecido como FAT.

Saiba também: Como fazer o Agendamento INSS 2019 para benefícios da Previdência Social.


Como funciona Seguro Desemprego 2019

Para receber o seguro desemprego o trabalhador tem que ter sido demitido da empresa e cumprir algumas regras. O empregado precisa entregar todos os documentos exigidos pelo Ministério do Trabalho e Emprego para a liberação do seguro.

Para receber, o trabalhador precisa ter em mãos seus documentos pessoais e o cartão cidadão e pode sacar seu benefício em uma das agências da Caixa Econômica Federal, nas lotéricas ou em algum posto de atendimento do Caixa Aqui.


Novas Regras Seguro Desemprego 2019

Novas Regras do Seguro Desemprego 2019O governo federal fez algumas mudanças nas regras do seguro desemprego com o intuito de cortar custos e aumentar a arrecadação do contribuinte por causa da crise econômica. As novas regras saíram em 2015 para aprimoramento do seguro desemprego 2019.

Antes das novas regras e mudanças do seguro desemprego, o empregado que fosse despedido poderia pedir o seguro se tivesse seis meses de trabalho consecutivos. E antes também o trabalhador tinha que ir até uma agência do Ministério do Trabalho e enfrentar longas filas para requerer o seguro desemprego.

Depois da reforma do seguro desemprego, algumas regras mudaram. Em algumas cidades é possível o cidadão fazer o agendamento antecipado para requerer o seguro desemprego sem precisar enfrentar aquelas filas gigantes.

Com a mudança o trabalhador precisa agora trabalhar por no mínimo 12 meses para pedir o seguro desemprego pela primeira vez. Caso seja a segunda vez esse tempo diminui para 9 meses. Na terceira e mais vezes o trabalhador precisa trabalhar 6 meses no mínimo. Antes das novas regras, com 6 meses de trabalho o trabalhador já conseguia o seguro desemprego.


Quem tem direito Seguro Desemprego 2019

Quem direito ao seguro desempregoO seguro desemprego é um direito de todos os trabalhadores que cumpriram as novas regras aprovadas em 2015. Terão direito a receber o seguro desemprego 2019 os trabalhadores que:

  • Trabalhadores urbanos e domésticos com carteira assinada, demitidos sem justa causa;
  • Trabalhadores urbanos e domésticos com carteira assinada, com contrato de trabalho suspenso para participação em cursos de qualificação profissional, mesmo que oferecidos pelo empregador;
  • Pescadores profissionais durante o período de Seguro Defeso;
  • Trabalhadores resgatados de condições análogas a trabalho escravo.

Antes das novas regras, qualquer trabalhador despedido que trabalhasse no mínimo 6 meses tinha o direito de receber, hoje as regras estão um pouco diferentes de acordo com a lei 13.134 de 2015.

Para receber o seguro desemprego, o empregado também precisa cumprir algumas outras regras como não estar recebendo nenhum benefício previdenciário, ter no mínimo 12 meses de trabalho e remuneração ao pedir o seguro desemprego pela primeira vez.

O trabalhador também não pode estar recebendo nenhum outro tipo de seguro desemprego e nem mesmo ter outra renda que seja possível sustentar a família.


Parcelas Seguro Desemprego 2019

Com as novas regras do seguro desemprego, o número de parcelas também mudou e agora vai de acordo com o tempo trabalhado.

  • Para o trabalhador que esteve empregado durante 12 meses a 23 meses e está pedindo o benefício a primeira vez, o total de parcelas é 4.
  • Caso o trabalhador tenha 24 meses ou mais de trabalho e remuneração, ele receberá 5 parcelas do seguro.
  • Na segunda vez o trabalhador tem que ter no mínimo 9 meses de trabalho e vai receber 4 parcelas. Ele pode receber 5 parcelas se tiver 12 meses trabalhados.
  • Na terceira vez que o trabalhador pedir o seguro desemprego, ele recebe 3 parcelas e tem que ter trabalhado no mínimo durante 6 meses.
  • Caso tenha trabalhado 12 meses vai receber 4 parcelas. Se tiver trabalhado 24 meses ou mais vai receber 5 parcelas do seguro desemprego.

Cálculo Seguro Desemprego 2019

Cálculo Seguro Desemprego 2019Para definir o seguro desemprego de cada trabalhador, o governo federal definiu alguns critérios para ser um benefício justo, mas sem dificultar o orçamento do Estado.

Para calcular o valor que o cidadão irá receber como seguro desemprego é precisa saber o valor da soma dos 3 últimos salários do trabalhador, se o trabalhador já recebeu o seguro desemprego em alguma vez, quanto tempo ele recebeu o seguro e quantos meses ele trabalhou.

Após todos esses cálculos, os valores são somados e com a média do resultado é que se define um valor para o seguro desemprego e quanto serão as parcelas. Se o trabalhador começar a receber outro benefício, ele perde o seguro desemprego.


Consulta Seguro Desemprego 2019

Com o avanço da tecnologia, a consulta do seguro desemprego está muito mais fácil e rápida. O cidadão pode acessar o site da Caixa Econômica Federal através da página eletrônica https://sisgr.caixa.gov.br/internet.do?segmento=CIDADAO01.

Consulta Seguro Desemprego 2019
Consulta Seguro Desemprego 2019

Logo em seguida o cidadão deverá preencher todos os dados exigidos pelo formulário online. O trabalhador deverá ter em mãos os seus dados pessoais e o seu número de inscrição social, o NIS. Logo depois o cidadão será já direcionado a sua consulta do seguro desemprego.


Valor do Seguro Desemprego 2019

Valor do Seguro Desemprego 2019O valor do seguro desemprego depende de algumas variáveis que foram citadas acima. O trabalhador precisa fazer alguns cálculos para achar o valor do seu seguro desemprego. O valor das parcelas depende do valor que o trabalhador recebia na empresa em que foi despedido.

Valor para empregado Formal

  • Valor mínimo do seguro desemprego 2019: R$ 954,00;
  • Valor máximo do seguro desemprego 2019: R$ 1643,72

Valor para para empregado doméstico

  • Valor do Benefício: R$ 954,00 (1 salário mínimo), em todos os casos.

Como receber o Seguro Desemprego 2019

O cidadão pode procurar se em seu Estado faz o agendamento Seguro Desemprego 2019 para requerer o benefício. Caso tenha, o trabalhador deverá entrar no endereço eletrônico e preencher todos os dados exigidos e ir até um posto do Ministério do Trabalho da sua cidade no dia e hora marcados para a solicitação.

Caso não tenha, o trabalhador pode ir direto a uma agência do Ministério do Trabalho da sua cidade, a um posto do SINE ou na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego. Em qualquer desses lugares o trabalhador pode dar entrada ao seguro desemprego caso tenha direito. O emprego demitido vai receber as parcelas em uma conta da Caixa.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *