Seguro Desemprego 2019

O seguro desemprego 2019 é um direito social do trabalhador e que ajuda muito quando o trabalhador fica desempregado. É um meio para o cidadão se sustentar enquanto encontra outro trabalho, contudo nos últimos anos o seguro desemprego sofreu algumas mudanças importantes. Confira abaixo as principais mudanças do seguro desemprego 2019, e como você pode solicitar o benefício.

Por causa dessas mudanças é importante o empregado ficar atento a essas novas mudanças de regras para não perder o benefício caso fique sem trabalho. Neste artigo vamos passar todas as informações necessárias para que consiga o seguro desemprego caso necessite.

Seguro Desemprego 2019
Seguro Desemprego 2019

O que é Seguro Desemprego?

O Seguro desemprego 2019 é um benefício trabalhista de assistência temporária para trabalhadores que tenham perdido o emprego, sem justa causa. Esse benefício é garantido pelo artigo 7º da constituição Federal de 1988, que estabelece o benefício “em caso de desemprego involuntário”.


Seguro Desemprego 2019

O seguro desemprego é uma ajuda para o trabalhador que fica desempregado e não tem como se sustentar a não ser com o seguro. É um direito social, uma assistência temporária até o trabalhador conseguir outro emprego.

Seguro Desemprego Caixa

Quem coordena o dinheiro para o pagamento do seguro desemprego ao trabalhador desempregado é o governo federal, através do dinheiro do Fundo de Amparo ao Trabalhador, mais conhecido como FAT.

Saiba também: Como fazer o Agendamento INSS 2019 para benefícios da Previdência Social.


Como funciona Seguro Desemprego 2019

Para receber o seguro desemprego o trabalhador tem que ter sido demitido da empresa e cumprir algumas regras. O empregado precisa entregar todos os documentos exigidos pelo Ministério do Trabalho e Emprego para a liberação do seguro.

Para receber, o trabalhador precisa ter em mãos seus documentos pessoais e o cartão cidadão e pode sacar seu benefício em uma das agências da Caixa Econômica Federal, nas lotéricas ou em algum posto de atendimento do Caixa Aqui.


Novas Regras Seguro Desemprego 2019

Novas Regras do Seguro Desemprego 2019O governo federal fez algumas mudanças nas regras do seguro desemprego com o intuito de cortar custos e aumentar a arrecadação do contribuinte por causa da crise econômica. As novas regras saíram em 2015 para aprimoramento do seguro desemprego 2019.

Antes das novas regras e mudanças do seguro desemprego, o empregado que fosse despedido poderia pedir o seguro se tivesse seis meses de trabalho consecutivos. E antes também o trabalhador tinha que ir até uma agência do Ministério do Trabalho e enfrentar longas filas para requerer o seguro desemprego.

Depois da reforma do seguro desemprego, algumas regras mudaram. Em algumas cidades é possível o cidadão fazer o agendamento antecipado para requerer o seguro desemprego sem precisar enfrentar aquelas filas gigantes.

Com a mudança o trabalhador precisa agora trabalhar por no mínimo 12 meses para pedir o seguro desemprego pela primeira vez. Caso seja a segunda vez esse tempo diminui para 9 meses. Na terceira e mais vezes o trabalhador precisa trabalhar 6 meses no mínimo. Antes das novas regras, com 6 meses de trabalho o trabalhador já conseguia o seguro desemprego.


Quem tem direito Seguro Desemprego 2019

Quem direito ao seguro desempregoO seguro desemprego é um direito de todos os trabalhadores que cumpriram as novas regras aprovadas em 2015. Terão direito a receber o seguro desemprego 2019 os trabalhadores que:

  • Trabalhadores urbanos e domésticos com carteira assinada, demitidos sem justa causa;
  • Trabalhadores urbanos e domésticos com carteira assinada, com contrato de trabalho suspenso para participação em cursos de qualificação profissional, mesmo que oferecidos pelo empregador;
  • Pescadores profissionais durante o período de Seguro Defeso;
  • Trabalhadores resgatados de condições análogas a trabalho escravo.

Antes das novas regras, qualquer trabalhador despedido que trabalhasse no mínimo 6 meses tinha o direito de receber, hoje as regras estão um pouco diferentes de acordo com a lei 13.134 de 2015.

Para receber o seguro desemprego, o empregado também precisa cumprir algumas outras regras como não estar recebendo nenhum benefício previdenciário, ter no mínimo 12 meses de trabalho e remuneração ao pedir o seguro desemprego pela primeira vez.

O trabalhador também não pode estar recebendo nenhum outro tipo de seguro desemprego e nem mesmo ter outra renda que seja possível sustentar a família.


Parcelas Seguro Desemprego 2019

Com as novas regras do seguro desemprego, o número de parcelas também mudou e agora vai de acordo com o tempo trabalhado.

  • Para o trabalhador que esteve empregado durante 12 meses a 23 meses e está pedindo o benefício a primeira vez, o total de parcelas é 4.
  • Caso o trabalhador tenha 24 meses ou mais de trabalho e remuneração, ele receberá 5 parcelas do seguro.
  • Na segunda vez o trabalhador tem que ter no mínimo 9 meses de trabalho e vai receber 4 parcelas. Ele pode receber 5 parcelas se tiver 12 meses trabalhados.
  • Na terceira vez que o trabalhador pedir o seguro desemprego, ele recebe 3 parcelas e tem que ter trabalhado no mínimo durante 6 meses.
  • Caso tenha trabalhado 12 meses vai receber 4 parcelas. Se tiver trabalhado 24 meses ou mais vai receber 5 parcelas do seguro desemprego.

Cálculo Seguro Desemprego 2019

Cálculo Seguro Desemprego 2019Para definir o seguro desemprego de cada trabalhador, o governo federal definiu alguns critérios para ser um benefício justo, mas sem dificultar o orçamento do Estado.

Para calcular o valor que o cidadão irá receber como seguro desemprego é precisa saber o valor da soma dos 3 últimos salários do trabalhador, se o trabalhador já recebeu o seguro desemprego em alguma vez, quanto tempo ele recebeu o seguro e quantos meses ele trabalhou.

Após todos esses cálculos, os valores são somados e com a média do resultado é que se define um valor para o seguro desemprego e quanto serão as parcelas. Se o trabalhador começar a receber outro benefício, ele perde o seguro desemprego.


Consulta Seguro Desemprego 2019

Com o avanço da tecnologia, a consulta do seguro desemprego está muito mais fácil e rápida. O cidadão pode acessar o site da Caixa Econômica Federal através da página eletrônica https://sisgr.caixa.gov.br/internet.do?segmento=CIDADAO01.

Consulta Seguro Desemprego 2019
Consulta Seguro Desemprego 2019

Logo em seguida o cidadão deverá preencher todos os dados exigidos pelo formulário online. O trabalhador deverá ter em mãos os seus dados pessoais e o seu número de inscrição social, o NIS. Logo depois o cidadão será já direcionado a sua consulta do seguro desemprego.


Valor do Seguro Desemprego 2019

Valor do Seguro Desemprego 2019O valor do seguro desemprego depende de algumas variáveis que foram citadas acima. O trabalhador precisa fazer alguns cálculos para achar o valor do seu seguro desemprego. O valor das parcelas depende do valor que o trabalhador recebia na empresa em que foi despedido.

Valor para empregado Formal

  • Valor mínimo do seguro desemprego 2019: R$ 954,00;
  • Valor máximo do seguro desemprego 2019: R$ 1643,72

Valor para para empregado doméstico

  • Valor do Benefício: R$ 954,00 (1 salário mínimo), em todos os casos.

Como receber o Seguro Desemprego 2019

O cidadão pode procurar se em seu Estado faz o agendamento Seguro Desemprego 2019 para requerer o benefício. Caso tenha, o trabalhador deverá entrar no endereço eletrônico e preencher todos os dados exigidos e ir até um posto do Ministério do Trabalho da sua cidade no dia e hora marcados para a solicitação.

Caso não tenha, o trabalhador pode ir direto a uma agência do Ministério do Trabalho da sua cidade, a um posto do SINE ou na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego. Em qualquer desses lugares o trabalhador pode dar entrada ao seguro desemprego caso tenha direito. O emprego demitido vai receber as parcelas em uma conta da Caixa.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Meu INSS 2019

MEU INSS 2019

Você conhece ou já ouviu falar no Meu INSS 2019? Trata-se de uma ferramenta disponibilizada pelo Governo Federal a todos os cidadãos brasileiros para que possam acessar os diferentes benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) como também fazer agendamentos de serviços pela internet.

Se você ainda não conhecia essa importante ferramenta te convido a ler atentamente este artigo, pois irei explicar como ela funciona e como você pode se beneficiar com este recurso.

MEU INSS 2019
MEU INSS 2019

O que é o Meu INSS 2019?

O Meu INSS é uma Central de Serviços criada pela Previdência Social como ferramenta que auxilia a vida dos segurados. Ela pode ser acessada por qualquer dispositivo móvel, ou seja, computador, tablet ou celular.

Através do Meu INSS 2019, o cidadão pode realizar vários serviços online, inclusive agendamentos e consultas, o que torna os procedimentos mais simples e rápidos, ao passo que desafoga os atendimentos presenciais, ou seja, é bom para todo mundo!

Meu INSS
Meu INSS – Ferramenta de autoatendimento da Previdência Social

Como Funciona o Meu INSS 2019

O Meu INSS é uma plataforma digital que pode ser acessada diretamente neste link (https://meu.inss.gov.br). Nele é possível acompanhar todas as informações que dizem respeito a vida do trabalhador, em especial os dados referentes as contribuições previdenciárias, aos empregadores e aos períodos de trabalho realizados.

É claro que para ter acesso aos serviços disponibilizados pelo Meu INSS é preciso que o usuário esteja cadastrado na plataforma. Em alguns serviços serão exigidos a informação da senha, enquanto outros não. No primeiro caso, haverá o desenho de um cadeado nas respectivas áreas exigidas.

Como Como funciona o MEU INSS 2019
Como Como funciona o MEU INSS 2019

Leia mais:


Cadastro no Meu INSS 2019

Para acessar livremente o Meu INSS é necessário fazer um cadastro simples no site. Veja a seguir quais são os procedimentos exigidos:

  • Acesse o site oficial por meio deste link (http://servicos.inss.gov.br/.)
  • No lado direito da página, clique em “Entrar”
  • Em seguida, clique em “Login”
  • Clique no botão “Cadastre-se”
  • Informe os seus dados pessoais
  • Marque a caixa “Não sou um robô”
  • Clique no botão “Próximo”.

Após finalizar o seu cadastro, é só confirmar o seu código de acesso com a Previdência Social. Para isso você precisará ligar para o número 135 a partir de um telefone fixo e seguir todos os procedimentos eletrônicos da chamada.

Em algum momento lhe será pedido o código de confirmação, que é aquele que foi gerado para você no final do seu cadastro no Meu INSS 2019. Além disso, por questões de segurança o atendente irá lhe solicitar a confirmação de alguns dados pessoais que fazem parte do seu cadastro.

Continue lendo: se cadastrar para receber a habilitação Seguro desemprego 2019 e não perder a chance de sacar o benefício;


Serviços Oferecidos no Portal MEU INSS

O portal do serviço está em fase de crescimento devido ao seu grande sucesso. Os serviços que são oferecidos por ele são os seguintes:

  • Aposentadorias Urbanas (Por idade e tempo de contribuição urbanos)
  • Salário Maternidade Urbano (Para os casos de nascimento de filho ou então da adoção de criança)
  • Extrato Previdenciário CNIS (Visualização de dados cadastrais, vínculos, remunerações e contribuições)
  • Simulação de tempo de contribuição
  • Agendamentos/ Requerimentos
  • Histórico de Crédito de Benefício (para a comprovação de renda dos beneficiários)
  • Carta de Concessão de benefício
  • Agendamento e Resultado de Perícia
  • Extrato de Empréstimo Consignado
  • Extrato de Imposto de Renda
  • Consulta de Declaração de Benefício
  • Consulta da revisão de benefício (artigo 29)
  • Encontrar uma agência
  • Alteração de dados de contato.

Como Consulta o seu Benefício do INSS

Pode-se consultar o seu benefício do INSS diretamente pela internet. Para isso deverá fazer o seguinte:

  • Acesse o portal do INSS neste link (https://www.inss.gov.br/servicos-do-inss/consulta-de-situacao-de-beneficio/)
  • Escolha o botão correspondente a sua consulta: “Acompanhar Pedido” ou “Resultado de Perícia”
  • Na nova página digite o número do seu benefício
  • Informe a sua data de nascimento
  • Digite o nome completo do beneficiário e o seu CPF
  • Digite o texto do código apresentado na tela
  • Clique no botão “Visualizar”.

Pronto, agora é só conferir todos os detalhes sobre o seu benefício. Se precisar poderá imprimir o documento.


Como Recuperar a Senha

Se você já possui um cadastro na plataforma do Meu INSS, mas ao acessa-lo não consegue se lembrar da senha deverá fazer o seguinte:

  • Em Meu INSS clique em “Entrar”
  • Clique em “Login”
  • Clique em “Esqueci a Senha”
  • Informe os seus dados pessoais
  • Siga as orientações de recuperação da senha.

Viu como é fácil utilizar o serviço? Curta e compartilhe o post.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Seguro Desemprego Web 2019

Seguro Desemprego 2019

O Seguro Desemprego Web 2019 é um benefício integrado ao trabalhador que foi dispensando de maneira involuntária das suas atividades funcionais. Portanto, para facilitar esse acesso foi criado pelo o Governo Federal o programa Emprega Brasil.

Hoje para que o trabalhador solicite a entrada no benefício do seguro desemprego 2019, ele precisa comparecer mediante o agendamento em um posto de atendimento do SINE, entregar toda a documentação e fazer preenchimento do formulário de solicitação.

Seguro Desemprego 2019
Seguro Desemprego 2019

Em geral o atendimento é bem rápido, em apenas uns 15 minutos. Depois de ir ao Sine, o beneficiário tem o prazo de 30 dias para o recebimento do seu benefício.


O que é Seguro Desemprego Web?

O seguro desemprego web é uma plataforma online que visa enviar o seu requerimento do seguro desemprego pela a internet.

Através do Seguro Desemprego Web 2019, você vai preencher todos os seus dados no conforto da sua casa.


Como Solicitar o Seguro Desemprego Web?

Primeiramente para que você tenha acesso ao seguro desemprego web a empresa deve estar cadastrada no programa. Com esse cadastro você tem duas opções de acesso, a primeira delas com certificado digital e a segunda sem certificado digital.

Confira o passo a passo seguir:

Como acessar o Seguro Desemprego Web 2019
Como acessar o Seguro Desemprego Web 2019

Com a liberação do procedimento através do empregador web o benefício é liberado bem mais rápido. Dessa forma, é possível ter 100% de segurança em realizar o procedimento.

Após a efetivação do seu preenchimento, seu formulário é avaliado pelo o Governo Federal. Em seguida, com todos os dados corretos a liberação do seu auxilio ocorre de maneira instantânea.


Valor do Seguro Desemprego 2019

O cálculo do valor do seguro desemprego considera a média dos 3 últimos salários do trabalhador antes da dispensa. Porém, em caso de Seguro Defeso, Empregador doméstico ou trabalhador resgatado, o valor será sempre  de 1 salário mínimo.

Valor do Seguro Desemprego 2019
Faixas de Salário Médio Valor da Parcela
Até R$ 1.480,25 Multiplica-se salário médio por 0,8 (80%)
De R$ 1.480,26 até R$ 2.467,33 O que exceder a 1.480,25 multiplica-se por 0,5 (50%) e soma-se a 1.184,20
Acima de R$ 2.467,33 O valor da parcela será de R$ 1.677,74 invariavelmente.

Para que o cálculo seja realizado, leva-se em consideração os 3 últimos salários do trabalhador.

O valor do seguro desemprego pode chegar de 1 salário mínimo até R$ 1.677,74. Porém, vale ressaltar que a menor parcela do seguro nunca poderá ser menor do que um salário mínimo nacional (R$ 1.002,00).


Agendamento Seguro Desemprego

Antigamente o requerimento do seguro desemprego era feito somente pela a Caixa Econômica Federal, mediante a apresentação de um papel. Mas, Graças ao Seguro Desemprego Desemprego Web 2019, hoje é possível fazer o requerimento do seguro desemprego de maneira online do conforto de sua residência. Confira como abaixo:

  • Primeiramente acesse o sistema de atendimento agendado http://saaweb.mte.gov.br/inter/saa/pages/agendamento/main.seam?conversationPropagation=none.
  • Ao entrar no portal informe o estado e o município que deseja realizar o agendamento, escolha a unidade que deseja ser atendido.
  • Preencha todos os dados pessoais solicitados, tais como CPF, RG.
  • Feito o preenchimento de todas as suas informações com sucesso clique em prosseguir.
  • Escolha o dia e local que quer comparecer e pronto!

Agora, basta comparecer com os seus documentos pessoais em mãos no dia e horário agendado.


Como sacar o Seguro Desemprego Web 2019

O saque do benefício deverá ser realizado diretamente em agências da Caixa, Lotéricas ou postos de atendimento Caixa Aqui.

Como sacar o Seguro Desemprego Web
Como sacar o Seguro Desemprego Web

Vale ressaltar que o saque deve ser feito pelo próprio segurado. Entretanto, será possível um terceiro realizar o saque do Seguro Desemprego WEB 2019 nos seguintes casos:

  • Em caso de falecimento do segurado – seus sucessores poderão sacar as parcelas pendentes. Após o falecimento, porém, automaticamente o benefício é cortado.
  • Em caso de moléstia grave, o segurado poderá indicar um procurador para realizar o saque, desde que prove sua condição.
  • Em caso de moléstia contagiosa, o segurado poderá indicar um procurador para realizar o saque, desde que prove sua condição.
  • Em caso de privação de liberdade, o segurado poderá um procurador para realizar o saque.
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Como Dar Entrada no Seguro Desemprego 2019

Como dar Entrada no Seguro Desemprego 2019

O trabalhador despedido sem justa causa conta com muitos benefícios, e dentre eles encontra-se um dos mais populares e benéficos, o seguro desemprego. Veja como dar entrada no Seguro Desemprego ao longo do artigo.

Portanto, é mais do que necessário que todo trabalhador recém-desempregado saiba como dar entrada no seguro desemprego e qual é o prazo para fazer a sua solicitação, pois as parcelas de dinheiro oferecidas neste auxílio desemprego podem ajudar bastante nesse momento.

Como dar Entrada no Seguro Desemprego 2019
Como dar Entrada no Seguro Desemprego 2019

Saiba mais sobre o seguro desemprego:


Prazo para dar Entrada no Seguro Desemprego

Não é em qualquer momento que você pode dar entrada a este benefício, existe um prazo que deve ser seguido para que seja possível receber esse auxílio desemprego.

Normalmente o tempo fornecido aos trabalhadores formais despedidos para fazer o seu pedido vai de 7 a 120 dias, começando a contagem a partir da data da demissão.

Já para o empregado doméstico, o período disponível para que seja feita a solicitação ao seguro é de 7 a 90 dias, contabilizado desde o dia em que o trabalhador foi demitido.


Como dar Entrada no Seguro Desemprego

Estando dentro do prazo permitido para fazer essa solicitação e cumprido com todos os requisitos para receber o seguro desemprego, você pode dar entrada a este seguro seguindo os seguintes passos:

1º PASSO – Faça o agendamento

Antes de mais nada, o trabalhador deve fazer o agendamento do Seguro Desemprego 2019 por um dos canais disponíveis para conhecer a data, hora e local em que deve comparecer para finalizar a solicitação do benefício.

Sendo que é possível fazer o agendamento indo direto em Superintendências regionais do trabalho e emprego, gerências regionais do Trabalho ou em Postos de Trabalho e Previdência Social.

Também é possível fazer o agendamento pelo Telefone, concretamente pelo canal telefónico Central Alô Trabalho do Ministério do Trabalho e Previdência Social, ligando para o número 158.

Atenção: Há casos em que o agendamento não é necessário, quem dirige-se diretamente a uma agência da Caixa Econômica Federal ou SINE para dar entrada no seguro desemprego por exemplo, não precisa passar pelo agendamento.

2º PASSO – Prepare os documentos necessários

Com a data e o local informado no agendamento, você deverá começar a se preparar para comparecer na agência de atendimento, e pra evitar complicações no local, vale a pena preparar de antemão todos os documento necessários para dar entrada no seguro desemprego.

Sendo que é importante levar os seguintes documentos:

  • Documento de Identificação;
  • CPF;
  • Carteira de Trabalho;
  • Comprovante de residência;
  • Documento de Identificação do PIS/PASEP;
  • Requerimento do seguro (deve ser entregue pelo empregador no ato de demissão);
  • Extrato FGTS ou documento que comprove os depósitos, Termo de rescisão do contrato de trabalho ou termo de quitação;
  • Documento que comprove nível de escolaridade;
  • 3 Últimos contra cheques recebidos pelo trabalhador alguns meses antecedentes a demissão.

3º PASSO – Chegado o dia indicado, dirija-se a agência de atendimento

Se você realizou o agendamento, esse local já foi-lhe informando, mas caso não tenhas passado por essa etapa, dirija-se a uma das agências que permite dar entrada no seguro desemprego 2019 sem precisar de agendamento.

Como já foi mencionado num dos tópicos anteriores, esses locais são:

  • Superintendências regionais do trabalho e emprego;
  • Sistema Nacional de Emprego (SNE);
  • Agências da Caixa Económica Federal;
  • Unidades que tem parceria com o Ministério do Trabalho e Previdência Social.


Como dar Entrada no Seguro Desemprego pela Internet

A alguns anos atrás, dar entrada no processo de solicitação do seguro desemprego era uma verdadeira frustração por conta da necessidade de ir a uma das agências credenciadas par o efeito.

Como consequência disso as agências ficavam bem lotadas, o que tornava a solicitação deste auxílio desemprego num processo bem cansativo.

Mas com a entrada da plataforma do seguro desemprego online em Abril de 2015, toda essa situação foi minimizada, já que a partir dela é possível realizar o agendamento e ir a agência somente para finalizar a solicitação do benefício.

Seguro Desemprego

Veja o passo a passo de como você pode dar entrada no seguro desemprego pela internet, já a seguir:

  • Primeiro faça o agendamento do seguro desemprego online;
  • No agendamento você será informado a data, hora e local em que deves comparecer para finalizar a solicitação do seguro desemprego;
  • Arrume todos os documentos necessários (já indicados no tópico anterior) e compareça no local indicado quando chegar a hora.

Viu como poupa tempo o seguro desemprego online. Com ele você no vai precisar de ficar na agência por muito tempo respondendo a um monte de perguntas. Praticamente metade do caminho para dar entrada neste seguro, você já terá feito.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Consulta Seguro Desemprego 2019

Consulta Seguro Desemprego 2019

Consulta Seguro Desemprego 2019 –  O Auxílio desemprego é um benefício concedido a todo o trabalhador demitido de suas atividades funcionais sem justa causa. Trata-se de um auxílio temporário que visa reparar e sustentar o mesmo durante esse período de desligamento. Em caso de dúvidas, o beneficiário pode realizar a consulta seguro desemprego 2019, para conferir as parcelas e o saldo.

Se você realizou o agendamento do requerimento do seguro desemprego online e deseja saber como anda o requerimento, veja como é simples e bem fácil realizar a Consulta Seguro Desemprego 2019.

Consulta Seguro Desemprego 2019
Consulta Seguro Desemprego 2019

Consulta Seguro Desemprego 2019 com Cartão Cidadão em agência da Caixa

Com o cartão cidadão em mãos basta comparecer a qualquer agência da Caixa Econômica Federal. Leve consigo documento original com foto e senha de acesso e realizar a solicitação de consulta junto ao atendimento.

Cartão cidadão seguro desemprego
Cartão cidadão

Consulta Seguro Desemprego 2019 pela a Internet

A consulta do Seguro Desemprego 2019 web é uma das maneiras mais práticas, pois você não precisa nem sair de casa. O serviço de consulta é oferecido pela Caixa Econômica Federal deforma gratuita, basta ter em mãos o seu número do PIS.

Para consultar, basta seguir os passos indicados abaixo:

  1. Acesse o Portal do Trabalhador Caixa → nesse link;
  2. Preencha seu número do PIS e senha da internet e confirme. Se você não possui senha, entretanto, clique no link “cadastrar senha” e preencha o formulário para obter.
  3. Após confirmar, clique na guia “Seguro Desemprego” para conferir as parcelas do seu benefício.
Consulta Seguro Desemprego
Consulta Seguro Desemprego

ATENÇÃO: Em caso de dúvidas, o número do PIS poderá ser encontrado na sua CTPS ou no Cartão Cidadão, denominado como “PIS/PASEP”.

Lembre-se que a senha da internet não é a mesma cadastrada para o cartão cidadão. Portanto, se você nunca utilizou esse serviço, deverá cadastrar a senha para utilizar pela primeira vez.


Consulta Seguro Desemprego – pelo o Telefone

Caso não tenha acesso a internet e nem possa comparecer a uma agência mais próxima, não se preocupe. Afinal, você pode consultar o saldo do seu seguro desemprego através do atendimento eletrônica ao cliente.

A consulta ao seguro desemprego por telefone pode ser feita pelo número 0800 726 0207. A ligação é gratuita, e a central de atendimento funciona 24 h​oras por dia, 7 dias por semana.

Para que o seu atendimento seja mais rápido e preciso tenha em mãos o número do seu NIS e o seu documento original com foto.


Agendamento Seguro Desemprego 2019

Hoje o atendimento para entrada do seguro desemprego 2019 é feito através do atendimento agendado, veja o passo a passo a seguir:

  • Você precisa primeiro acessar http://saaweb.mte.gov.br/inter/saa/pages/agendamento/main.seam;
  • Em seguida vai precisar preencher seu estado, município, selecione o tipo de atendimento, que neste caso é “seguro desemprego” em seguida digite o código de segurança que aparecer na tela, por fim clique em prosseguir.
  • Na página seguinte vai aparecer os dias e horários disponíveis para agendamento Seguro Desemprego 2019, basta selecionar o dia e horário que você consiga comparecer ao atendimento e pronto.
  • Se por ventura não aparecer nenhuma vaga disponível, clique em reagendar ou fazer um novo pedido.
agendar Seguro Desemprego 2019
agendar Seguro Desemprego 2019

A iniciativa do Governo Federal do agendamento do seguro desemprego 2019 beneficiou muito os trabalhadores. afinal com a necessidade do agendamento, reduziram as filas e superlotação nos postos de atendimento. Assim, seu atendimento é realizado de maneira exclusiva.

Fique ligado ➜ O MTE oferece uma série de serviços pela internet através do Seguro Desemprego WEB 2019.

Lembre-se de levar todos os documentos necessários para dar entrada no seu seguro. Você garante o seu atendimento somente com o agendamento, então não se esqueça de agendar. Caso tenha algum imprevisto que não possa comparecer ao atendimento, realize um novo agendamento. O agendamento é feito de maneira simples e fácil no próprio portal.

Fique por dentro: Veja como fazer o Agendamento INSS 2019 e evite filas nos postos de atendimento da Previdência Social.

Siga o passo a passo acima e escolher uma nova data e horário disponível de acordo com a sua disponibilidade. Não se esqueça de levar seus documentos pessoais, principalmente o requerimento para dar entrada no seguro.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Cálculo Seguro Desemprego 2019

Cálculo Seguro Desemprego

O seguro desemprego é um benefício que já ajudou milhões de trabalhadores que foram demitidos de uma empresa privada sem justa causa. O auxílio é uma forma de dar uma segurança financeira para o trabalhador, enquanto ele procura um emprego. Contudo, para ter acesso ao seguro desemprego 2019, o trabalhador precisa estar dentro de algumas regras estipuladas pelo governo federal, que é o que administra o benefício para os trabalhadores. Veja no decorrer do artigo como realizar o Cálculo Seguro Desemprego 2019, Quem tem Direito ao Benefício, entre outras informações.

O auxílio já existe há muitos anos e ajuda milhões de brasileiros, ainda mais com a instabilidade econômica em que vive o país. Saiba neste artigo como realizar o seu pedido de seguro desemprego, como funciona, dentre outras informações.

Cálculo Seguro Desemprego
Cálculo Seguro Desemprego

Cálculo Seguro Desemprego 2019

Cálculo Seguro DesempregoApós 2015, as regras do seguro desemprego sofreram algumas alterações. Isso porque muitas pessoas estavam trabalhando pouco para ficar sem trabalhar e ganhando o seguro desemprego.

Para acabar com essas injustiças e trazer mais equilíbrio para o mercado de trabalho, o governo federal resolveu mudar algumas regras, economizar para os cofres públicos sem prejudicar os trabalhadores brasileiros.

Cálculo Seguro Desemprego 2019
Cálculo Seguro Desemprego 2019

O cálculo para o seguro desemprego depende do salário do trabalhador. O cálculo é feito de acordo com os 3 últimos salários, a quantidade de meses trabalhados e quantos pedidos de seguro desemprego o trabalhador já fez.


Como realizar o cálculo Seguro Desemprego

  • Primeiramente o trabalhador precisa saber a média dos seus últimos 3 salários;
  • Para um salário de até R$ 1.450,23, multiplica-se o salário médio por 0,80 (80%);
  • De R$ 1.450,24 a R$ 2.417,29, o que passar de R$ 1.450,23 multiplica-se por 0,50 (50%) e soma-se o valor de R$ 1.160,18;
  • Quem ganha mais que R$ 2.417,29 vai receber parcelas de R$ 1.643,72;

Se estiver com dificuldades para calcular, entre no site http://www.calcule.net/calculos.trabalhistas/calculo.seguro.desemprego.a.php e calcule automaticamente o seu seguro desemprego.

Cálculo do Seguro Desemprego Online


Quem tem direito ao Seguro Desemprego 2019?

Quem direito ao seguro desempregoO seguro desemprego possui algumas regras e apenas os trabalhadores que se incluem nelas têm direito ao seguro desemprego. O trabalhador precisa:

  • Ter sido dispensado sem justa causa;
  • Estar desempregado quando requerer o benefício;
  • Não ter nenhuma renda que possa dar sustento a sua família;
  • Não estar recebendo nenhum outro benefício da Previdência Social, exceto se for o auxílio-acidente ou pensão por morte.

Regras e quantidades de parcelas Seguro Desemprego

Após as mudanças nas regras feitas pelo governo federal após 2015, a quantidade de parcelas do Seguro Desemprego 2019 e exigências também mudaram.

  • Para o primeiro pedido do seguro desemprego 2019 o trabalhador tem que ter trabalhado 18 meses para receber 4 parcelas. Para receber 5 parcelas ele terá que ter trabalhado 24 meses.
  • Para a segunda vez que ele for fazer o pedido, ele terá que ter trabalhado por no mínimo 9 meses para receber 3 parcelas, 12 meses para receber 4 parcelas e 24 meses para receber 5 parcelas.
  • No terceiro pedido ele deverá ter trabalhado por no mínimo 6 meses para 3 parcelas, 12 meses para 4 parcelas e 24 meses para receber 5 parcelas. Esse trabalho deverá ter vínculo empregatício (carteira assinada) com uma pessoa jurídica ou pessoa física a ela equiparada.

 

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Seguro Desemprego Parcelas 2019

Seguro Desemprego Parcelas 2019

Seguro Desemprego Parcelas 2019 – O Auxílio Desemprego é um dos benefícios sociais fornecidos ao trabalhador brasileiro que mais ajuda quando este é demitido, por isso é fundamental saber como o Seguro Desemprego Parcelas 2019 funciona, pois é por meio dessas parcelas que esse benefício é entregue.

Para te ajudar a entender melhor como este seguro funciona, preparamos este post que irá deixar-te por dentro de quem tem direito a ele, quantas parcelas receber e como calcular o seguro desemprego.

Seguro Desemprego Parcelas 2019
Seguro Desemprego Parcelas 2019

Quem tem direito ao Seguro Desemprego 2019?

Quem direito ao seguro desempregoEm geral, o seguro desemprego pode ser requisitado por qualquer pessoa que seja demitida sem justa causa. Sendo que além dessa exigência, é necessário que o trabalhador também esteja enquadrado numa das 5 modalidades que este benefício abarca. São elas:

  • Seguro Desemprego Trabalhador Formal – Representado a modalidade deste benefício mais conhecida e usada, este seguro pode ser acionado por trabalhadores rurais e urbanos que tem carteirinha assinada, e que foram despedidos sem justa causa, bastando que o funcionário tenha trabalhado por 12 meses, nos últimos 18 meses;
  • Seguro Desemprego Pescador Artesanal – no ramo do Artesanato, este benefício ajuda bastante o pescador quando chega o defeso (época em que os pescadores não devem exercer as suas atividades para permitir a reprodução dos peixes). Para Receber o seguro aqui, o pescador deve provar que está desempenhando a atividade pesqueira e que não conta com outra fonte de renda.
  • Seguro Desemprego Trabalhador Resgatado – Infelizmente ainda existem cidadãos brasileiros que trabalham em condições semelhantes às da época de escravidão. Para esse tipo de cidadão, é fornecida uma renda temporária até que este consiga ingressar no mercado de trabalho formal.
  • Seguro Desemprego Empregado Doméstico – nesta modalidade, o seguro é fornecido ao empregado doméstico despedido sem justa causa, e que já conte com pelo menos 15 meses de contribuição ao INSS.
  • Seguro Desemprego Bolsa de Qualificação Profissional – tendo sido implementada recentemente, esta modalidade possibilita com que o patrão suspenda o contrato de trabalho do trabalhador, para que ele faça um curso de qualificação profissional correspondente a sua função, com os gastos arcados pela empresa.

Seguro Desemprego Parcelas 2019 – Quantas parcelas tenho direito

A quantidade de parcelas que você deve receber no Seguro Desemprego 2019 depende do tempo trabalhado. Sendo que de um modo geral as parcelas são atribuídas da seguinte forma:

Primeiro pedido do Seguro Desemprego:

Na primeira solicitação o trabalhador pode receber 4 ou 5 parcelas, sendo que recebe 4 parcelas o trabalhador que tenha trabalhado no mínimo 18 e máximo de 24 meses.

Agora, as 5 parcelas são concedidas a quem conta com um mínimo de 24 meses de trabalho.

Segundo Pedido do Seguro Desemprego:

As parcelas variam de 3 a 5, onde quem trabalhou um mínimo de 9 e máximo de 11 meses recebe 3 parcelas. Já quem contabiliza no mínimo 12 e máximo de 23 meses de trabalho, tem direito a 4 parcelas.

Por fim, são atribuídas 5 parcelas do seguro desemprego ao trabalhador que conta com o mínimo de 24 meses de trabalho.

A partir do Terceiro Pedido do Seguro Desemprego em diante:

Da terceira solicitação em diante, o trabalhado passa a receber de 3 a 5 parcelas. São oferecidas 3 parcelas ao empregado dispensado sem justa causa que tenha trabalhado por 9 a 11 meses no máximo.

Agora, trabalhadores que contam com um mínimo de 12 e máximo de 23 meses de trabalho recebem quatro parcelas. Já quem acumulou no mínimo 24 meses de trabalho, tem direito a 5 parcelas do benefício.

Cálculo Seguro Desemprego 2019
Cálculo Seguro Desemprego 2019

Como calcular o valor do Seguro Desemprego Parcelas 2019

Como Calcular o Valor do Seguro Desemprego ParcelasAntes de mais nada é preciso levar em conta que, o valor que você vai receber em cada parcela do seu seguro desemprego depende do valor dos seus três últimos salários, os quais são somados e depois divididos por 3 para formar uma média.

Salientado que essa média ainda não é o valor que você receberá, mas sim, um valor que é apenas tido como base no cálculo da parcela. O cálculo final deve ser feito segundo a Tabela do Seguro Desemprego que veremos já a seguir.

Veja também como funciona:


Tabela do Seguro Desemprego 2019

Veja abaixo como funciona o cálculo das parcelas do Seguro Desemprego 2019, de acordo com cada faixa salaria:

Faixas de Salário Médio Valor da Parcela
Menor que R$ 1.360,70 Salário médio x 0,8
Entre R$ 1.360,71 e R$ 2.268,05 R$ 1.088,56 + (o que excede R$ 1.360,70 x 0,5)
Maior que R$ 2.268,05 R$ 1.542,24
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

MTE Seguro Desemprego 2019

Saldo Seguro Desemprego 2019

MTE Seguro Desemprego 2019 – O seguro desemprego é considerado uma grande conquista dos brasileiros. O benefício serve para ajudar o trabalhador que foi demitido sem justa causa e que precisa de uma renda até encontrar um novo emprego.

O seguro desemprego 2019 normalmente paga de 3 a 5 parcelas, uma por mês, para o trabalhador que acabou de ficar desempregado. É uma forma de sustento temporário, recebendo normalmente o mesmo salário que recebia antes no emprego para que o trabalhador se planeje e sustente a sua família enquanto procura um novo trabalho.

MTE Seguro Desemprego 2019
MTE Seguro Desemprego 2019

Continue lendo o nosso artigo e saiba se você tem direito a receber o seguro desemprego ou não, como funciona e como é o processo para pedir o benefício. Tire todas as suas dúvidas aqui!


Requerimento

Se você quer requerer o seu seguro desemprego, saiba que é preciso fazer o agendamento antes pela internet. E para fazer isso é muito fácil, veja:

  • Entre no site oficial para preencher o requerimento de agendamento do seguro desemprego;
  • Preencha todos os dados exigidos;
  • Vá até a agência do Ministério do Trabalho, leve o requerimento de agendamento e seus documentos pessoais.


Agendamento MTE Seguro Desemprego

Veja aqui como é simples fazer o seu agendamento do seguro desemprego e ter o seu benefício por alguns meses para ajudar você enquanto não consegue um outro emprego:

  • Entre no site oficial do Ministério do Trabalho;
  • Procurar o seu Estado e clicar em “agendar atendimento”;
  • Preencha sua cidade;
  • Informe seus dados pessoais como CPF, data de nascimento, telefone e outros dados necessários;
  • Após esse procedimento, escolha o melhor dia e hora para você comparecer a regional do Ministério do Trabalho da sua região.

Como Consultar o Seguro Desemprego 2019 pela Internet

Saiba que você pode consultar o seu seguro desemprego 2019, número de parcelas, dentre outras informações pelo site oficial da Caixa Econômica Federal, veja:

  • Ao acessar o site, procure a opção “benefícios e programas”;
  • Depois clique em “trabalhador” e logo em seguida “seguro desemprego”;
  • Logo depois você escolhe a opção “consultar pagamento”;
  • Uma outra página irá se abrir para que você digite o número do seu PIS e senha de acesso;
  • Se for o seu primeiro acesso, só clicar em “cadastro rápido” e fazer o seu cadastro.
Consulta Saldo MTE Seguro Desemprego
Consulta Saldo MTE Seguro Desemprego

 

A partir daí você terá todas as informações sobre o seu seguro desemprego, data de pagamento, número de parcelas etc.

Você também pode saber essas informações pela central de atendimento da Caixa no telefone 0800 726 0207 e informar alguns dados pessoais, como CPF, identidade e o número do seu NIS (PIS/PASEP).


Número de Parcelas MTE Seguro Desemprego 2019

O número de parcelas do seguro Desemprego 2019 vai depender do tempo de serviço e do número de solicitações do benefício. Confira abaixo como saber as parcelas que você tem direito.

  • Se é a primeira vez que você está pedindo o seguro desemprego, você deverá ter trabalhado por no mínimo 18 meses e receberá 4 parcelas, ou seja, 4 meses.
  • Na segunda vez, o trabalhador pode ter trabalhado por 12 meses, e vai receber 4 parcelas também.
  • A terceira vez o empregado pode solicitar – caso seja demitido sem justa causa – o seguro desemprego após 6 meses de trabalho, recebendo 4 meses de seguro.
  • Caso o trabalhador tenha trabalhado 24 meses no segundo pedido de seguro desemprego, ele pode receber 5 parcelas do benefício. A mesma coisa acontece no terceiro pedido.
Número de Parcelas do Seguro Desemprego
Número de Parcelas do Seguro Desemprego
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Agendamento Seguro Desemprego 2019

Agendamento Seguro Desemprego 2019

Agendamento Seguro Desemprego 2019 – O seguro desemprego é um benefício concedido a todo o trabalhador demitido de suas atividades funcionais sem justa causa, dessa forma, o mesmo recebe uma assistência temporária para ter condições de arrumar outro emprego, sem se preocupar tanto com o sustento da família nesse período de desligamento. Para receber o Seguro Desemprego agora, é necessário realizar o Agendamento Seguro Desemprego 2019.

Dessa forma, todos os trabalhadores que forem desligados sem justa causa, têm direito a receber o seguro desemprego, desde que realizem o agendamento para dar entrada no auxílio.

Agendamento Seguro Desemprego 2019
Agendamento Seguro Desemprego 2019

Muitas pessoas não sabem, mais o agendamento seguro desemprego 2019 é um procedimento rápido e bem simples, o benefício visa garantir uma seguridade social temporária.

Com o avanço da tecnologia, hoje todos os pré-atendimentos são realizados pela a internet, o que garante organização, rapidez e exclusividade no atendimento agendado da Previdência Social e do Ministério do Trabalho.


Agendamento Seguro Desemprego 2019

O agendamento é bem simples e fácil de ser feito. Confira o passo a passo a seguir:

  • Primeiramente acesse a página oficial do Ministério do Trabalho;
  • Ao entrar no portal, procure o estado disponível, em seguida na janela que abre cidade, selecione a cidade que deseja fazer o agendamento, informe os dados solicitados;
  • Será preciso informar seu nome completo, CPF, número do seu PIS ou Pasep, nome da sua mãe, data da emissão do documento e telefone.

De fato, hoje realizar o agendamento ficou bem mais fácil. Agora você não perde mais o dia todo, pois você é atendido no horário e dia agendado.

Entretanto, se você não tiver acesso á internet, pode realizar o agendamento Seguro Desemprego 2019 por telefone. Nesse caso, basta ligar para 0800 726 0207.


Documentos Necessários

Para agendar o recebimento de seu benefício Seguro Desemprego, será necessário ter os seguintes documentos em mãos no ato do atendimento:

  • Documento de Identidade com foto;
  • CPF;
  • Carteira de trabalho;
  • Requerimento do Seguro Desemprego (Não é um documento físico – o requerimento precisa ter sido feito pelo empregador pelo portal Empregador Web, e vai estar automaticamente no sistema do Ministério do Trabalho);
  • Comprovantes de depósito do Fundo de Garantia;
  • Rescisão do contrato de trabalho

Caso o trabalhador não tenha condições de comparecer á unidade do Ministério do Trabalho na data marcada. Caso não possa comparecer, entretanto, poderá reagendar o atendimento pelo portal do órgão pela internet.


Que tem direito ao Seguro Desemprego 2019?

Antes de tentar agendar o seguro desemprego, é importante que o cidadão informe-se se tem direito de fato direito ao benefício. Confira abaixo quais categorias tem direito ao benefício:

  • Trabalhador de carteira assinada, que tenha trabalhado por pelo menos 12 meses durante os últimos 18 meses;
  • Trabalhador doméstico inscrito na previdência que tenha trabalhado por pelo menos 15 meses durante os últimos 24 meses;
  • Pescadores durante a época de reprodução dos peixes;
  • Trabalhadores resgatados pelo Ministério do Trabalho de trabalho análogo à escravo;
  • Empregados em período de qualificação profissional.

Requerimento Seguro Desemprego

O Ministério do Trabalho e Emprego criou o atendimento agendado a fim de facilitar a vida de todos os usuários e trabalhadores que dependem do atendimento, através do aplicativo empregador web os trabalhadores podem enviar seu requerimento do seguro desemprego 2019, por meio de um arquivo gerado individualmente.

O seguro desemprego web facilita muito a vida do trabalhador a respeito do preenchimento, as empresas ganham mais facilidade e agilidade na entrada do benefício.


Consulta Seguro Desemprego

O seguro desemprego e o histórico do mesmo pode ser facilmente consultado, basta seguir o passo a passo a seguir:

  • Acesse https://sisgr.caixa.gov.br/internet.do?segmento=CIDADAO01.
  • Preencha todos os campos solicitados, inclusive login, informe o seu número de inscrição social, mais conhecido como o número do NIS, essa numeração é facilmente identificada na primeira folha da carteira de trabalho, já na segunda coluna informe a sua senha da internet, se você não tiver essa senha é possível realizar o cadastro na hora na própria página.
  • Depois de preencher todos os dados solicitados, clique apenas em ok, Pronto! Cadastro realizado com sucesso, você será redirecionado a página onde poderá consultar o saldo do seguro desemprego.

Se preferir você pode consultar o Seguro Desemprego 2019 de maneira presencial comparecendo a Caixa Econômica Federal. Será necessário apresentar seu documento original com foto mais o cartão cidadão e senha de acesso.

A consulta também pode ser realizada na casa lotérica mais próxima a sua residência. Será necessário, nesse caso, estar portando o seu cartão cidadão, senha e documento oficial com foto. Solicite a atendente que consulte o seu benefício e pronto!

Para efetuar a consulta ao seguro desemprego 2019 online, será necessário ter em mãos os seguintes documentos:

  • Número do PIS (Presente na CTPS);
  • Senha da Internet (Se o cidadão ainda não possui a senha, poderá cadastrá-la no ato);

Pelo portal da Caixa Econômica Federal, além de consultar saldo das parcelas do seguro desemprego. Além disso, poderá consultar o saldo de outros benefícios, como Bolsa Família, PIS, Fundo de Garantia, etc.

Atenção: Pelo portal do trabalhador Caixa NÃO é possível fazer o agendamento do seguro desemprego 2019, tampouco o agendamento INSS 2019.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Quem tem Direito ao Seguro Desemprego 2019

Conhecer e buscar os seus direitos como trabalhador é muito importante, e o seguro desemprego é um dos direitos que você deve obrigatoriamente ter em consideração, pois ele é um benefício bastante útil para qualquer trabalhador, desde o funcionário formal até ao empregado doméstico. Por isso, é necessário que você saiba quem tem direito ao seguro desemprego 2019, e acima de tudo, entender se você faz ou não parte do grupo dos que podem receber esse seguro.

Comece a perceber um pouco mais sobre esse benefício e descubra se você tem ou não direito a ele, já a seguir

Sendo um benefício pago pelo Governo Federal por meio dos recursos adquiridos pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), o seguro desemprego está vinculado ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Por conta disso, é bastante comum ouvir por ai que o presidente modificou as leis que regem este benefício, já que por estar sobre tutela do Governo, é normal que ele esteja sujeito a alterações provenientes deste meio.

Quem tem Direito ao Seguro Desemprego 2019
Quem tem Direito ao Seguro Desemprego 2019

Atenção:


Como saber quem tem direito ao Seguro Desemprego 2019?

Quem direito ao seguro desempregoPara receber este benefício, você deve estar obrigatoriamente enquadrado nas exigências impostas pelo Ministério do Trabalho e Emprego para esse efeito.

Vale ressaltar que para ter direito ao Seguro Desemprego 2019, é importante que você, na qualidade de trabalhador, esteja enquadrado numa das cinco modalidades de trabalhadores habilitados ao seguro desemprego, sendo elas:

  • Seguro Desemprego Formal;
  • Seguro Desemprego Empregado doméstico;
  • Seguro Desemprego Pescador Artesanal;
  • Seguro Desemprego Empregado Resgatado;
  • Bolsa qualificação.

Veja quem tem direito a este benefício nas duas principais modalidades do Seguro Desemprego abaixo:


Seguro Desemprego para Trabalhadores Formais

Para ter direito a este seguro no caso de um trabalhador formal, é necessário:

  • Ser demitido sem justa causa;
  • Que você esteja desempregado no momento em que o pedido do seguro for feito;
  • Não possuir nenhuma fonte que constitua renda capaz de sustentar a família.

Ressaltado que a aderência a este seguro está totalmente vedada para qualquer pessoa que possua um Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), por mas que a empresa representada por essa pessoa não esteja a operar.

Sem contar que neste caso concreto, também não há recebimento de nenhum benefício de previdência de prestação continua (com exceção do auxílio-acidente e da pensão por morte), ou seja, que possui CNPJ não pode receber a aposentadoria.

O período de trabalho também é requisito na hora de pedir o Seguro Desemprego. Para fazer o pedido a este seguro, você precisa ter trabalhado por um determinado período que depende da quantidade de vezes que você já pediu este benefício. A saber:

Para fazer o primeiro pedido do benefício é necessário:

  • Ter trabalhado 12 dos 18 meses antes da demissão;

Para o segundo pedido é necessário:

  • Trabalhar pelo menos 9 dos 12 meses antes da demissão;

Para fazer o terceiro em diante é necessário:

  • Ter trabalhado nos 6 meses antes da demissão.

Seguro Desemprego para Empregado Doméstico

Aqui também só terá direito de receber este seguro, o Empregada Doméstico dispensado sem justa causa, ou seja, de forma indireta e que enquadra-se nas seguintes exigências legais:

  • Contar com 15 meses, no mínimo, a exercer a profissão de empregado doméstico nos últimos 25 meses que vêm logo depois da demissão que levou o trabalhador a pedir o Seguro-desemprego;
  • Excetuado o auxilio-acidente e a pensão por morte, o trabalhador não pode estar a usufruir de nenhum outro benefício de carácter previdenciário com prestação continuada da previdência social;
  • Não ter nenhuma fonte de renda capaz de sustentar o trabalhador e a sua família.

Seguro Desemprego Empregado Doméstico

Se você possui o benefício do Seguro Desemprego, e deseja consultar o mesmo, existe diversas maneiras de Consulta Seguro Desemprego 2019. Fique atento a todas as informações do seu benefício.


Como requerer habilitação no Programa do Seguro Desemprego?

Para esse efeito, o empregado doméstico terá que comparecer numa das agências de atendimento ligadas ou autorizadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) com a sua CTPS, o TRCT, entre outros documentos.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...